Uma experiência sob medida.

abre

O limiar entre um serviço na medida ou “educado demais” é tênue. Explico: caras, bocas, puxadas de cadeira e todo o mise-en-scène do restaurante devem ser cuidadosamente trabalhados. O que mais se vê por aí — mundo afora, dos pitorescos restaurantes desconhecidos aos estrelados Michelin —, é um excesso de zelo artificial, ou seja, um sorriso amarelo. É over. E ponto.

Que grata surpresa o Le Baudelaire. Serviço, cozinha, ambience, vinho… Tudo na medida. Nem mais, nem menos. Ao redor de um pátio de vidro, a vista da adega de mais de 500 garrafas é um convite ao brinde. A carta exibe mais de 50 marcas de champanhe e 40 labels de conhaque.

Já falei outras vezes que meu coin em Paris é o 7ème. Minha inércia de espírito às vezes engessa a curiosidade de conhecer novos coins. Mas a experiência valeu a pena e, certamente, ganhou um novo habitué. No coração do simpático hotel Le Burgundy, Rue Duphot, 1er arrondissement, a arquitetura é a primeira a chamar a atenção. A mistura de ingenuidade — com um toque Art Déco — e sofisticação é marcante. Arquitetura na medida. Mas a surpresa estava por vir. A taça de rosé abriu os trabalhos da noite. Perlage intermitente, comme il faut. O primeiro amuse-bouche, um gaspacho delicadamente decorado com uma lâmina de jambon cru e folhas de funcho era apenas o sutil começo. Leve.

Pierre Rigothier, — conhecido no meio gastronômico como arquiteto dos aromas e titã do sabor —, faz jus à estrela que conquistou. Oferece opções na medida. Para começar, cogumelos Morille recheados com alho e favas e raviole de alcachofra com foie gras de pato sobre lâmina de berinjela.

A continuação foi não menos surpreendente: costelas de porco com aspargos frescos, molho de shitake e cebola rocha. Carne ao ponto. Tenra e suculenta, na medida.

Amuse-bouche pré-dessert, o cheddar escocês surpreendeu. Levou a melhor diante do tradicional Parmigiano Reggiano. Yuzu Wakayama cremoso, molho de laranja e avelã, merengue crocante sobre um delicado sorbet de limão. Das mãos de Julien Chamblas, o doce na medida.

Está cada vez mais raro, no Brasil ou onde quer que seja, encontrar essa medida. Alívio e alento é perceber, por meio de experiências como essa, que ela ainda existe e pode sim, ser de fato mensurada. Como diria Charles Baudelaire — que dá nome ao Restaurante pois teve ali seus objetos pessoais leiloados após sua morte — “Ali, tudo é ordem e perfeição. Luxo, calma, e sensação.”.

Sob a batuta de dois mestres

Pierre Rigothier (à esquerda) é formado pela escola de Catering de Talence, em Bordeaux, e discípulo de Jacques Maximim e Eric Briffard. Passou pelo L’Espadon e pelo Le Laurent antes de se mudar para Londres e se tornar sous chef de Antonin Bonnet no Green House. Em 2008, estabeleceu-se em Newcastle como chef do Hotel Jesmond Dene House. Ao lado de Rigothier, o chef patissier Julien Chamblas (à direita), que tem passagem como chef pelo Lutetia, 5, em Paris e pelo Anne-Sophie Pic at the Beau Rivage, em Lausanne, cria sobremesas leves e delicadas.

Sobre o Le Burgundy

Luxo contemporâneo em um ambiente histórico. É este o lema do Hotel Le Burgundy. Em uma construção datada de 1870, entre a Place de la Madeleine e a Rue St. Honoré, a poucos passos das mais prestigiosas lojas parisienses, suas instalações foram fechadas em 2007 e reabertas em setembro de 2010 depois de dois anos e meio de trabalhos de recuperação e investimentos de 60 milhões de euros. O projeto é do célebre arquiteto Vincent Basti em conjunto com o proprietário Guy Durfort. O desafio era criar um hotel elegante e exclusivo, com todo conforto: um restaurante gourmet, um bar aconchegante, spa, piscina (algo raro em Paris) e, principalmente, uma equipe altamente qualificada. Há três concierges “Le Clefs d’Or” e uma governanta que recebeu o prêmio de “Melhor funcionária da França” pela associação Meilleur Ouvrier de France.

Hotel Le Burgundy
6-8, rue Duphot – 75001 – Paris – FRANCE
Tel: +33 1 42 60 34 12
Fax: +33 1 47 03 95 20
www.leburgundy.com

Representante no Brasil
KEY PARTNERS Hotels & Destinations
Sylvia Leimann – 21 99523-1333
Sylvia.leimann@keypartners.com.br
www.keypartners.com.br

Comentários

Fale conosco pelo telefone (11) 2925 2901 ou Clique Aqui