3050319-poster-p-1-how-giving-up-refined-sugar-changed-my-brain

A história que permeia o açúcar

Alguns lugares ficam conhecidos por seus prédios e belezas naturais; outros, por terem ambientado a vida de figuras brilhantes. Ainda há aqueles que ganham visibilidade pelos avanços tecnológicos ou sociais.
Mas não podemos esquecer daqueles que nos surpreenderam com grandes criações do mundo da gastronomia.

Traçada a história das sobremesas de volta ao seu berço, pode-se descobrir histórias fantásticas.

▲ Close-up de partículas de açúcar refinado.


A história conta que a torta teria sido inventada por acidente no Hotel Tatin, em Lamotte-Beuvron, França, origem do nome. Após uma longa jornada de trabalho, uma das irmãs donas do hotel, que cuidava da cozinha, esqueceu as maçãs cozinhando no açúcar por muito tempo ao preparar uma torta. O resultado foi então o recheio da tão famosa Tarte Tatin, maçãs suaves que derretem na boca. O Hotel recebe clientes na construção do século XIX e fica em uma cidade na região histórica de Sologne, ao leito do rio Beuvron.


Mochi é uma tradicional sobremesa oriental, uma variação do bolo de arroz, com recheio de feijão vermelho. O doce, simples, faz parte de várias comemoraçãoes pelo país. Cada feriado recebe um mochi especial, como é o caso do Girls Day (Dia das Garotas). Uma tradição do dia, além do moti Chi Chi Dango, é um ritual de transferência da má sorte para uma boneca, que então é lançada em um rio. As cores do doce especial, rosa, branco e verde; simbolizam a primavera, o inverno e o verão, respectivamente.


O doce italiano clássico da Sicília tem suas origens no povo árabe, muito presente na região na época de sua concepção, por volta do século IX. As variantes do cannoli são muitíssimas, mas todas baseadas no canudo de massa de confeiteiro frita com recheio de ricota ou mascarpone. O doce é normalmente decorado nas pontas, onde podem ser colocados confeitos no queijo à mostra.


A torta Key Lime Pie ganha o nome do local onde foi inventada, Key West, na Flórida. A criação da torta, pela tia do botânico Jack Simons, foi dada em virtude dos pescadores da região, que passavam dias e dias em alto mar sem uma cozinha sofisticada: a torta, que não precisava ser levada ao forno era a sobremesa perfeita para os pescadores. Seu desenvolvimento também está relacionado ao fato de que, na época, sistemas de refrigeramento ainda não haviam chegado na região, levando a receita a abrir mão do leite fresco, substituindo-o por leite condensado, em lata.

Comentários

Fale conosco pelo telefone (11) 2925 2901 ou Clique Aqui